What's Up

Ivan Monteiro conquista vaga para Street League Pro Open


O paulista de São Bernardo do Campo Ivan Monteiro venceu a etapa nova-iorquina do Damn Am, circuito mundial de skate amador, e ganhou o título Damn Am of The Year. Como prêmio, Ivan garantiu a vaga no Street League Pro Open 2018, que lhe dará a chance de tentar integrar a Street League Skateboarding.

Ivan foi o skatista com melhor aproveitamento do circuito. Ficou na segunda colocacão na etapa de Atlanta (EUA), em sexto lugar em Costa Mesa (EUA), segundo em Tehachapi (EUA), e além de Nova York, também ganhou em Amsterdã, na Holanda.

É a primeira vez que um brasileiro ganha o circuito Damn Am. O título da competição também lhe deu vaga direto na fase final do Tampa Am, que acontece em novembro na Flórida.

O pódio em Nova York foi completado com o japonês Daisuke Ikeda em segundo e o norte-americano Jake Izardi em terceiro lugar. O cearense Lucas Rabelo ficou em sétimo.

Em 2016 o norte-americano Dashawn Jordan foi um dos destaques do circuito Damn Am, ganhou o Tampa Am e passou a integrar a Street League em 2017 pela ótima participação no Pro Open. Dashawn ganhou a etapa da SLS em Chicago e competiu o Street League World Championship em Los Angeles

Assista as melhores manobras da final

Lucas Rabelo, 360 flip. (Divulgação/Bart Jones)

Ivan Monteiro, 360 flip nosebluntslide. (Divulgação/Bart Jones)

Pódio do Damn Am em Nova York. (Divulgação/Bart Jones)

Ivan Monteiro, nollie nosebluntslide. (Divulgação/Bart Jones)

Ivan Monteiro, 360 flip nosebluntslide. (Divulgação/Bart Jones)

Veja também

Oskar e Nora são os campeões do Vans Park Series World Championships 2017

Leticia e Kelvin no pódio do Super Crown

Skatistas beneficiados pelo Bolsa Atleta serão afetados pelo corte do Governo

Santos renuncia e Bob se candidata à presidência da CBSk

Firs se torna oficialmente World Skate

Roger Silva é bi-campeão do Dew Tour Am Series

 

 

Por Redação Tribo Skate
Os textos, informações e opiniões publicadas nesse espaço são de total responsabilidade do autor. Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do Ativo.com