Bob Burnquist faz reunião no Ministério do Esporte

09 de maio de 2018 ● POR Redação Tribo Skate

O presidente da Confederação Brasileira de Skate Bob Burnquist esteve nessa terça-feira em Brasília visitando o Ministério do Esporte.

Bob participou de uma reunião para indicar skatistas ao programa Bolsa Atleta na categoria Pódio.

A categoria Pódio é a mais alta do programa Bolsa Atleta e foi criada, em 2013, com o objetivo de patrocinar atletas com chances de medalhas e de disputar finais nos Jogos Rio 2016. No período, foram contemplados 322 atletas, num investimento de R$ 60 milhões. No edital de 2017, foram 301 atletas contemplados, com bolsas que variam entre R$ 5 mil e R$ 15 mil.

Considerado o maior programa de patrocínio individual do mundo, o Bolsa Atleta, criado em 2005, já concedeu cerca de 58 mil bolsas para cerca de 23 mil atletas de todo o país. O investimento ultrapassa a marca de R$ 1 bilhão. São apoiados pelo programa atletas que tenham obtido bons resultados em competições nacionais e internacionais de suas modalidades.

Atualmente, 5.830 atletas de modalidades olímpicas e paralímpicas são apoiados, nas categorias Atleta de Base (R$ 370); Estudantil (R$ 370); Nacional (R$ 925); Internacional (R$ 1.850); Olímpico/Paralímpico (R$ 3.100). O repasse do ministério ao longo do ano alcançará a marca de R$ 79,3 milhões.

Para participar, o atleta deverá estar em plena atividade esportiva, vinculado a uma entidade de prática esportiva ou a alguma entidade nacional de administração do desporto e entre os 20 primeiros no ranking da modalidade ou prova específica, no momento da postagem do plano esportivo.

O atleta deverá, ainda, ser indicado pelas respectivas entidades nacionais de administração do desporto em conjunto com o Comitê Olímpico do Brasil (COB) ou Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB) e o Ministério do Esporte. Também deverá apresentar declaração de recebimento, ou não, de qualquer tipo de patrocínio de pessoas jurídicas, públicas ou privadas, apontando os valores efetivamente recebidos e quais os períodos de vigência dos contratos.

A permanência do atleta no programa será reavaliada anualmente e estará condicionada ao cumprimento do plano esportivo, previamente aprovado pelo Ministério do Esporte, e a permanência no ranqueamento da respectiva entidade internacional.

Veja também

Collab Tribo Skate John Roger: A chama na cabeça

Nova coleção Vans UltraRange

Nick Cave lança nova collab com marca australiana

Coleção Vault by Vans x LQQK

Leticia na lista de Poderosas da Forbes

Vans traz ao Brasil o Versa Hoodie DX