Bob Burnquist assina pista de skate do Farol Santander

22 de janeiro de 2018 ● POR Redação Tribo Skate

No dia 25 de janeiro São Paulo ganhará uma das pistas de skate mais excêntricas do mundo.

Projetada por Bob Burnquist e construída pela Rio Ramp Design, a pista está localizada no 21° andar do Farol Santander, antigo Prédio do Banespa, que durante vinte anos foi o edifício mais alto da América Latina e é um dos símbolos da cidade de São Paulo.

O prédio, que pertencia ao Banco do Estado de São Paulo, estava fechado há dois anos para o público e foi reformado após ser comprado pelo banco espanhol Santander.

O Farol Santander será um centro cultural, de lazer e empreendedorismo, e além da pista de skate, terá diversas atrações e programações espalhadas em 18 dos 35 andares do edifício, inaugurado em 1947 como Altino Arantes e 162 metros de altura.

A pista é um misto de plaza e park, com obstáculos baixos pensados em proporcionar fluidez e diversão para skatistas iniciantes. O espaço ocupa quase o andar inteiro do prédio e possui uma pequena área de descanso com guarda-volumes.

Cada bateria de uma hora custará 30 reais, sendo que o limite máximo por bateria é de 12 skatistas por vez. O uso de capacete é obrigatório e a pista oferecerá aulas particulares para iniciantes.

O Farol Santander

O público poderá visitar o Farol Santander a partir do dia 26, sexta-feira.

Na entrada, logo no hall, um imponente lustre de 13 metros recebe os visitantes.

No 2° e 3° andar, espaços dedicados à memória do edifício, com ambiente audiovisual mostrando o processo de construção do Altino Arantes e a reprodução de salas de funcionamento do banco na época da inauguração.

Sala de atendimento do Banespa na década de 40. (Divulgação/Renato Suzuki)

No 4° andar, uma instalação permanente do renomado artista paulistano Vik Muniz. “Vista 360” conta com sete painéis com o resultado de 20 toneladas de sucata que Muniz organizou e reproduziu imagens 360 graus da vista dos arredores do Mirante do Farol.

Painéis de Vik Muniz. (Divulgação/Renato Suzuki)

O 5° andar é um ambiente preservado com as antigas salas da presidência e diretorias do banco.

No 8° andar está a Arena de Economia Criativa, onde a cada 15 dias haverá debates sobre empreendedorismo e economia criativa. A programação começa no dia 2 de fevereiro com os temas “Diálogos Startupeiros” e “Meu Futuro é Agora”, com convidados brasileiros e estrangeiros.

Arena de Economia Criativa do Farol Santander. (Divulgação/Renato Suzuki)

O Instituto Endeavor ocupa o 9° andar e oferecerá assistência a quem procura consultoria sobre empreendedorismo.

Estrutura do Instituto Endeavor no Farol Santander. (Divulgação/Renato Suzuki)

Pulando para o 22° e 23° andar, espaços dedicados a arte imersiva. Para inaugurar a exposição “Belo, transitório, intangível e finito”, com a obra “Diurna”, de Laura Vinci, e “O dia que saímos do campo”, do coletivo russo Tundra.

Detalhe da instalação “Diurna”, de Laura Vinci. (Divulgação/Renato Suzuki)

No 25° andar, um loft para hospedagem e eventos. Um apartamento de 335 m2 com visão 360° da cidade e com reservas pelo Airbnb.

A ampla sala do loft. (Divulgação/Renato Suzuki)

E no 26° andar, um mirante com uma das vistas mais privilegiadas da cidade de São Paulo. De lá, é possível ainda apreciar o passeio no Café no Farol, da Suplicy Cafés Especiais.

Vista do Mirante do Farol Santander. (Divulgação/Renato Suzuki)

Serviço – Farol Santander

Onde: Rua João Brícola, 24 – Centro (estação São Bento – linha 1, azul do metrô)
Entrada acessível: Rua João Brícola, 32
Site Farol Santander: farolsantander.com.br
Abertura ao público: 26 de janeiro (sexta-feira) às 09h
Funcionamento: terça a domingo Horários: 09h às 20h
Ingressos: site e bilheteria física no local Horário Bilheteria: 09 às 19h

Valores:
Combo 1 – Espaço Memória + Arte Imersiva + Mirante R$ 20,00 Combo 2 – Espaço Memória + Mirante > R$ 17,00
Combo 3 – Arte Imersiva + Mirante > R$ 17,00
Combo 4 – Debates de Economia Criativa + Mirante > R$ 17,00 Combo 5 – Mirante > R$ 15,00
Pista de Skate – R$ 30/hora
Loft: R$ 4.000/ diária

Recepcionistas: 1 por andar (mínimo)
Capacidade Elevadores: 15 pessoas por elevador
Comunicação visual: Bilíngue – português e inglês
Capacidade por andar: 60 pessoas
Brigada de incêndio e Seguranças: Efetivo total de 60 pessoas
Banheiros: 2 por andar – 1 masculino e 1 feminino
Acessibilidade: Banheiros e elevadores adaptados, rampas de acesso, áudio guias e comunicação em braile
Bicicletário
Saídas de emergência

Veja também

Skatistas e diretoria da CBSK se reúnem na sede do COB

Praia Brava receberá Oi Park Jam 2018

Skate não estará nas Paralimpíadas de Tokyo 2020

COB reconhece oficialmente a CBSk