World Skate busca padronizar julgamento para as Olimpíadas

16 de julho de 2018 ● POR Tribo Skate

De olho em Tóquio 2020, a World Skate, entidade mundial reconhecida pelo COI como reguladora do skate no âmbito olímpico, realizou na China um workshop sobre julgamento.

Ao longo de quatro dias, 17 skatistas de 11 países discutiram os critérios de um bom julgamento em um campeonato de skate.

A ideia por traz do encontro é tentar padronizar a forma de avaliar os skatistas que tentam se qualificar para os jogos olímpicos de 2020.

Utilizando a filosofia de Tony Alva, que explicou em poucas palavras como o skate deve ser avaliado – progressão acima da perfeição, a Comissão Internacional de Julgamento de Skate (ISJC) foi criada para desenvolver um padrão de arbitragem.

Depois do encontro, foi apresentado um painel com um panorama dos critérios que devem ser seguidos nos campeonatos.

Critério de Julgamento (em ordem de prioridade):

– Dificuldade

● Manobra executada
● Escolha de obstáculo

– Execução

● Qualidade da execução
● Estilo
– Fluidez / Força / Agressividade / Estética
– Velocidade
– Altura / Distância
– Aterrissagem

– Utilização da pista

● Variedade de manobras
● Variedade de obstáculos
● Fluidez

– Consistência

Para saber mais sobre os critérios de julgamento apresentados pela entidade, acesse o site da World Skate.