Aracaju pelas lentes de Abrahão Bonfim

31 de agosto de 2018 ● POR Tribo Skate

Jhonathan “Altas horas” Santos, fs 180° nosegrind na ponte do bairro industrial.

Abrahão Bonfim é um fotógrafo de skate de 18 anos natural da cidade de Aracaju. Skatista desde de 2011 e estudante de fotografia desde 2015, Abrahão registra a cena local da capital sergipana.

Aracaju pelas lentes de Abrahão Bonfim

Felipe Goveia, fs flip no Teatro Tobias Barreto (esquerda) e ollie bs wallride no Grageru.

“Comecei usando uma câmera compacta da Fujifilm de um amigo para fotografar. Um tempo depois, minha irmã ganhou uma compacta da Kodak, e eu comecei a levar essa câmera para o rolê. Daí foi surgindo o interesse em aprender fotografia”.

Aracaju pelas lentes de Abrahão Bonfim

JN Charles, ollie to fakie no antigo half-pipe do Parque dos Cajueiros.

Infelizmente, Abrahão se afastou do skate, só retornando a clicar os rolês da galera em 2015.

Aracaju pelas lentes de Abrahão Bonfim

Luke Bonfim, bs crooked no corrimão do bairro América (esquerda) e flip na Avenida Tancredo Neves (direita).

“Comecei a estudar fotografia em casa. No meu aniversário, ganhei uma câmera superzoom e voltei a fotografar skate”, conta o fotógrafo, que tem como maiores referências Ramon Ribeiro, Anthony Acosta, Allan Carvalho, Atiba Jefferson e Michael Burnett.

Aracaju pelas lentes de Abrahão Bonfim

Diego Leão, ss fs 180° no hidrante da Farolândia.

Dali para frente, Abrahão nunca mais largou a câmera. “Foi quando comecei a fotografar na rua e conhecer skatistas de outros bairros. A paixão pela fotografia e pelo skate só aumentou”.